Com UTIs do SUS para o Covid-19 lotadas em 3 hospitais, Curitiba suspende cirurgias Eletivas.

Com a alta de casos diários de Covid-19 e o aumento na lotação de UTIs do SUS para pacientes com a doença, a Prefeitura de Curitiba suspendeu, nesta terça-feira (17), a realização de cirurgias eletivas nos hospitais da cidade.

A suspensão é temporária, mas a prefeitura não estipulou uma data para a retomada dos procedimentos.

“É possível que tenhamos um aumento de internamentos na próxima semana, e a medida é de precaução para que tenhamos um pouco mais de leitos e ninguém fique sem assistência”, disse secretária municipal da Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak.

De acordo com dados da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), três hospitais da cidade chegaram, na segunda-feira (16), à lotação máxima de leitos de UTI adultos do SUS para tratamento da doença. São eles:

✅Hospital Evangélico Mackenzie: 33 leitos ocupados (100%)

✅Hospital do Idoso: 52 leitos ocupados (100%)

✅Hospital do Trabalhador: 17 leitos (100%)

A ocupação também está alta nas UTIs de adultos do SUS para pacientes com Covid-19 no Hospital de Clinicas, onde 49 das 51 vagas estão ocupadas e na Santa Casa, onde 45 dos 55 leitos também estão com pacientes.

Ao todo, segundo o controle de leitos da secretaria, a cidade está com 230 leitos do SUS para Covid-19 ocupados, e 43 livres.

De acordo com os dados da secretaria municipal, Curitiba tem mais de 6 mil casos ativos da doença, e o número de novos casos diários preocupa.

“Semana passada, nós saímos de uma patamar de 300 a 400 casos por dia e pulamos para 700 casos dia”, afirmou a secretária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *