Caruso Empadas anuncia fechamento definitivo após 65 anos de funcionamento em Curitiba.

O Caruso Empadas é mais um entre os estabelecimentos tradicionais da capital paranaense a sentir os efeitos da pandemia de Covid-19. Após 66 anos de história, o empreendimento anunciou que fechará as portas definitivamente e que funcionará somente até o dia 30 de dezembro deste ano.


“Com muita dor no coração, tive que chegar a essa decisão. Mas de 2015 para cá, antes da pandemia, o Brasil já sentia uma crise econômica e a gente já vem remando contra a maré há muitos anos”, disse Guilherme, o atual proprietário do Caruso Empadas, ao Portal Reinaldo Bessa.

Dono de uma massa folhada inigualável desde 1954, o Caruso Empadas já fechou as portas no ano de 1981, e permaneceu desta forma durante um ano. Segundo Guilherme, neto do fundador, o comércio voltou a atender os curitibanos após uma pressão das pessoas para que Enrico Caruso voltasse a vender as famosas empadas.

“Dessa vez, eu estou aqui, já há 20 anos, e depois de muito refletir, fazer muita conta e muita ‘martelada’ na cabeça sobre o que fazer, decidi que no dia 30 de dezembro será nosso último dia”, lamentou.

A loja, que fica localizada na rua Visconde do Rio Branco, 877, nas Mercês, deixará de ser um espaço de apreciação. No entanto, o atual proprietário relatou ao Portal Reinaldo Bessa que pretende continuar fabricando as empadas. “Por enquanto vou me concentrar no fechamento e em resolver todos os problemas. Espero que a Empada do Caruso possa continuar. Vou fazer o possível, pois não estou desistindo”, afirmou.

A decisão, de acordo com Guilherme, se deu devido à situação econômica do estabelecimento em meio à pandemia do novo coronavírus, visto que o custo fixo é muito alto e que, segundo suas próprias palavras, “não está compensando o trabalho”.

Na página no Facebook, a loja lamentou o fechamento: “É com muita dor no coração que compartilhamos a notícia publicada. Em breve daremos mais informações… agora vou chorar um pouquinho”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *