Polícia prende suspeito de matar casal na BR-277 e divulga imagens para identificar segundo envolvido.

Um dos principais suspeitos pela morte de Eugênio da Silva e Maria Sueli de Souza Santos, de 40 e 49 anos respectivamente, foi preso preventivamente no dia 21 de janeiro, em Califórnia, no norte do Paraná. Ele e outro homem teriam executado as vítimas a tiros no dia 6 de fevereiro de 2020, às margens da BR-277, no bairro Rivieria, em Curitiba.

×
De acordo com a Polícia Civil, que investiga o duplo homicídio, testemunhas foram ouvidas e imagens de câmeras de segurança foram analisadas (assista abaixo), onde um dos suspeitos foi identificado. O outro suspeito envolvido ainda não foi identificado.

Motivação
Segundo apurado pela Polícia Civil, as vítimas e os suspeitos faziam parte de uma organização criminosa que praticava roubo de cargas de caminhões em rodovias de Curitiba com sentido à Ponta Grossa. “A mulher de Silva não praticava as ações, mas permanecia no carro durante as práticas”, divulgou a polícia.

O preso negou envolvimento no duplo homicídio ao prestar depoimento na delegacia, porém confessou a participação nos roubos de cargas.

A polícia segue investigando a associação criminosa para identificar outros envolvidos no crime.

Duplo homicídio
Eugênio da Silva e Maria Sueli de Souza Santos foram encontrados mortos dentro de um HB20 preto no dia 6 de fevereiro do ano passado. Testemunhas relataram que dois suspeitos teriam saído da parte de trás do veículo por volta do 12h30 e seguido a pé pela rodovia

De acordo com o delegado Tito Barichello, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), as vítimas tinham marcas de tiro na cabeça e três estojos foram encontrados. “O homem estava no banco do motorista e a mulher no banco do passageiro. Os disparos vieram de uma pistola calibre .380 e as vítimas apresentavam lesões na cabeça. Ele tinha uma marca de tiro, enquanto nela encontramos duas marcas. Foram encontrados três estojos no total”, disse o delegado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *