Fiscalização interrompe culto para milhares de pessoas em igreja evangélica do Batel.

A fiscalização integrada de combate à Covid-19 interrompeu, na noite desta quarta-feira (24), um culto realizado para milhares de pessoas na Igreja Mundial do Reino de Deus, no bairro Batel, em Curitiba. A movimentação teria começado durante a tarde e se intensificou o início da noite, contrariando as medidas do Poder Público para evitar aglomerações.

O evento é denominado “Noite de Abraão” e começou a ter maior presença de fieis por volta das 19 horas.

A ação de fiscalização contou com a presença da Polícia Militar (PM), Guarda Municipal (GM) e fiscais da Secretaria Municipal do Urbanismo. Segundo a Prefeitura de Curitiba, no momento da ação mais de 2 mil pessoas participavam do evento religioso, contrariando os protocolos sanitários estabelecidos para o momento. A fiscalização ocorreu a partir da denúncia da população.

Desde o início do ano, está em vigor lei que pode resultar em multas de até R$ 150 mil por promoção de eventos com aglomeração de pessoas na cidade.

Segundo o cabo Everson Estácio, da PM, os organizadores acataram todas as ordens policiais. “É inaceitável um evento dessa proporção em tempos de pandemia. A Prefeitura tomou parte da documentação para notificação e aplicou três multas, que totalizam R$ 150 mil. O promotor do evento foi identificado e encaminhado para termo circunstanciado, onde vai responder também na parte criminal”, explicou.

No evento, segunda a prefeitura, foram constatados além da realização do evento, em desacordo com os protocolos, falta de controle do número de pessoas e de distanciamento de 1,5 metros entre os participantes.

Bandeira Laranja
Vale lembrar que o culto religioso ocorre no último dia de vigência da bandeira amarela em Curitiba. A partir desta quinta-feira (25), Curitiba volta para a situação de risco médio de alerta. A bandeira laranja vai valer até o dia 10 de março por causa do aumento do número de casos de covid-19 e ocupação crescente dos leitos de UTI destinados a pacientes vítimas do novo coronavírus. A taxa de ocupação das UTIs do SUS saiu de 77% no dia 15 para 93% nesta quarta-feira (24).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *