Infância roubada: pastor estuprou meninos de igreja do DF por 16 anos

Ao longo de 16 anos, um pastor de 50 anos que pregava em uma igreja evangélica, em Santa Maria, abusou sexualmente de crianças e adolescentes. As vítimas cresceram acostumadas a frequentar o templo com suas famílias. Escondido sob o véu da religiosidade, o estuprador deixou marcas profundas no corpo e na alma de pelo menos seis vítimas, com idades entre 10 e 17 anos à época dos crimes.

Durante um ano, investigadores da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), da Polícia Civil do DF, apuraram os crimes praticados pelo religioso, alvo de denúncias anônimas feitas ainda em 2019. O mandado de prisão contra o pastor foi efetuado pela Polícia Militar (PMDF), nesta terça-feira (2/3), na DF-025, próximo ao Balão do Aeroporto, no Lago Sul.

As investigações identificaram o modus operandi do criminoso sexual, que se aproveitava da influência religiosa para se aproximar das famílias e ganhar a confiança dos pais. Frequentando a casa dos fiéis e passando cada vez mais tempo com as vítimas, o pastor esperava o momento certo para atacar – ele agia quando estava sozinho com com as crianças e os adolescentes.

Por : Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *