Vítima de violência doméstica é salva após entregar bilhete com pedido de socorro em agência bancária

Na última segunda-feira (01) uma vítima de violência doméstica pediu socorro utilizando bilhetes em uma agência bancária em Sobradinho, no Distrito Federal. Ela foi salva no dia seguinte pela Polícia Militar.

Segundo informações, a mulher foi até uma agência da Caixa Econômica para fazer o saque do Bolsa Família. Por causa da pandemia, apenas uma pessoa por vez pode entrar na agência, então o marido teve que ficar do lado de fora do banco enquanto a esposa entrou. Lá dentro enquanto estava fazendo o saque, a mulher fez um bilhete e entregou a um funcionário do banco. Após entender o pedido de socorro, o funcionário deu um papel em branco para ela que deu detalhes de onde morava.


O funcionário então entrou em contato com a Polícia Militar que foi até a residência da mulher no dia seguinte. No local foi descoberto pelos militares que a mulher era mantida em cárcere privado. Os policiais encontraram a mulher com seus dois filhos, uma menina de 5 anos e um menino de 1 ano e 7 meses. A mulher confirmou que fez o bilhete pedindo socorro.

Os policiais encaminharam a vítima e seus filhos para uma Casa Abrigo. Entretanto, o agressor não foi encontrado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *