Para desmentir boato, vereador faz teste e prova que não está com Covid-19

O vereador Eduardo Castilhos (PL) foi vítima de uma fakenews nesta sexta-feira, 12 de março. Pessoas ainda não identificadas começaram a espalhar em grupos de whatsapp e outras redes sociais que ele estaria com Covid-19. Mais do que isso: espalharam também que, mesmo sabendo que estava com o vírus, não teria entrado em isolamento.

A verdade, porém, é que o vereador, que também é pastor evangélico, não está com Covid-19. Inclusive, para comprovar seu estado de saúde, ele procurou um médico particular na manhã deste sábado (13) para que o profissional solicitasse a realização de um exame, o qual apontou que ele não está com a doença (veja imagem abaixo). O teste feito pelo edil é do tipo “antígeno”, em que é retirado material do “fundo do nariz” por meio de um swab (um tipo de cotonete).

Teste feito pelo pastor apresentou o resultado “Não reagente”. Ou seja, negativo para Covid-19
“Infelizmente existem muitas pessoas maldosas, que gastam energia e tempo na proliferação de fakenews. E, pior do que isso, espalham mentiras sobre um tema tão sensível como é esse que estamos vivenciando. Fiz o teste e faço questão de mostrá-lo, pois sou uma pessoa pública e jamais desrespeitaria uma orientação dos órgãos de saúde caso estivesse com a doença”, explicou o vereador.

Ainda conforme o pastor Eduardo Castilhos, um assessor seu está internado há vários dias em decorrência do agravamento de um quadro de Covid-19. Ele também explicou que outro membro de sua equipe também está com sintomas gripais, procurou o pronto atendimento Covid de Araucária, fez o teste e desde então está em isolamento aguardando o resultado. “Também tive em minha equipe um caso em que a esposa do meu assessor positivou para Covid, sendo que eu o orientei a ficar em casa em isolamento com a companheira pelos dias determinados pela equipe médica que a atendeu”, detalhou.

O edil disse acreditar que tenham sido esses casos de assessores próximos que positivaram para o novo coronavírus que alimentaram os boatos maldosos a seu respeito. “Tão logo eles positivaram ou mesmo manifestaram sintomas gripais os orientei a permanecer em casa. Como já não estava tendo contato presencial com eles, continuei realizando o trabalho para o qual a população me elegeu, sempre tomando todos os cuidados quanto ao distanciamento social e o uso de máscara”, enfatizou.



O pastor ainda aproveitou o episódio envolvendo seu nome para pedir que as pessoas não espalhem fakenews, principalmente quando o assunto for o novo coronavírus e outras questões relativas à Saúde. “Além de vereador eu sou pastor e como pastor minha missão de vida é também cuidar das pessoas. Se eu tivesse o menor dos sinais que fosse de algum tipo de gripe, me recolheria e faria o teste da Covid-19. Não fiz antes porque não tive contato presencial com meus assessores que testaram positivo. Mas fiz agora porque sei que é por meio do exemplo que a gente ensina”, acrescentou.

Por fim, o edil explicou que como já faz vários dias que seu assessor testou positivo, na eventualidade dele (o vereador) ter contraído Covid-19, o exame que realizou hoje teria identificado a presença do vírus, mesmo sem qualquer manifestação de sintomas gripais.

Vereador foi vítima de fakenews

Por: O Popular/ Araucáriaz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *