Morre vítima da Covid-19 o ex-deputado Euclides Scalco, aos 89 anos.

Morreu nesta terça-feira (16), o ex-deputado Euclides Scalco, vítima da Covid-19. Foi pioneiro nos partidos MDB e PSDB e parte do sucesso tucano no Paraná é atribuído a ele.

Scalco morreu nesta madrugada após lutar contra o coronavírus. Ele era casado com Terezinha Marcolin Scalco, com quem teve quatro filhos.

O deputado federal e ex-prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, em nota lamentou a morte de Scalco. “Uma das grandes referências e inspiração para minha trajetória na vida pública! Uma honra ter estado ao seu lado em momentos desafiadores, inclusive na eleição do Senado em 2010”, disse. “A Dona Terezinha, filhos e netos, um fraterno abraço e uma história que irá sempre orgulhar a todos”, afirmou.

Trajetória
Nascido em 16 de setembro de 1932 em Vista Alegre, distrito da cidade de Nova Prata, no Rio Grande do Sul, Euclides Girolamo Scalco é formado em Farmácia e Bioquímica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Exerceu a profissão de farmacêutico e bioquímico e se casou com Teresinha Marcolin Scalco, com quem teve quatro filhos.

Em 1959 chegou a Francisco Beltrão. No município do sudoeste paranaense fixou residência e foi dono da farmácia São Vicente de Paula e da Policlínica São Vicente.

Foi vereador e prefeito de Francisco Beltrão, onde também participou de movimentos de trabalhadores rurais ligados à Igreja Católica. No início da década de 70, se pós-graduou em economia agrária pela Universidade de Louvain, na Bélgica, e em economia no Instituto Lebret, na França.

Foi um dos fundadores do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) no Paraná, em 1966, quando o Brasil vivia um momento de repressão política sob o comando de militares.

Três vezes eleito deputado federal, participou assembleia nacional constituinte que deu origem à Carta Magna de 1988, a Constituição Cidadã. Antes, participou da gestão do ex-governador do José Richa exercendo o cargo de chefe da Casa Civil e também participou ativamente da campanha das Diretas Já.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *