Investigador que pediu vacinação de professores antes de bandidos morre pela covid-19

O investigador da Polícia Civil Sérgio José Kamaroski Luiz, de 57 anos, morreu nesta quarta-feira (31) por complicações da covid-19. Ele estava internado no Hospital Santa Casa, em Curitiba, e lutava contra a doença há algumas semanas.

Kamaroski era lotado na Delegacia de Furtos e Roubos de Curitiba (DFR). Em sua última postagem na rede social Facebook pediu a vacinação imediata dos professores. “Vacinem os professores antes dos presidiários. Precisamos de jovens educados e não bandidos saudáveis“, afirmou.

Amigos lamentam a morte do investigador, com uma extensa carreira na polícia paranaense. “Sergio Kamaroski , meu amigo querido, você não conseguiu vencer este vírus, mas tenho certeza que Deus está te recebendo de braços abertos! Que Deus conforte a sua família e a todos nós seus amigos! Perdemos um grande companheiro e um excelente profissional! Descanse em Paz!”, postou um amigo na rede social Facebook.

O sepultamento do investigador, seguindo as medidas sanitárias devido à pandemia da covid-19, acontece na manhã desta quinta-feira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *