Após perder esposa pela covid-19, Sanfoneiro é preso por estuprar enteada de 11 anos

Um músico identificado como Bruno do Acordeon, de 33 anos, foi preso acusado de estuprar a ex-enteada, uma menina de apenas 11 anos, no Amazonas. O sanfoneiro teve um relacionamento com a mãe da vítima, que morreu de Covid-19 no início do ano. As informações são do Extra.

A investigação do caso teve início no último dia 17, quando o pai da menina registrou o desaparecimento dela. A criança teria saído de casa com destino a residência da avó, mas não chegou ao local. Segundo a delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), após o registro, a polícia encontrou indícios de que a menina estaria na companhia do ex-padrasto e que o homem vinha cometendo abusos sexuais contra ela ao menos desde o ano passado.



— Com base nas informações sobre os abusos sexuais praticados contra a criança, iniciamos diligências, e fomos à casa do indivíduo, no bairro Gilberto Mestrinho, zona leste de Manaus, onde o mesmo negou que ela estivesse lá com ele, momento em que disse que a menina estaria na casa de uma tia dele — disse a delegada durante entrevista coletiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *