Pastor teria pago R$ 5 mil por morte da mulher; ele e amante foram presos

A Polícia Civil prendeu três pessoas suspeitas de participação no assassinato de Mariane Kelly da Souza, de 35 anos, encontrada morta no último dia 9, no Rio Itajaí-açu, em Navegantes (SC), com mais de vinte perfurações a facas.

De acordo com a polícia, o marido da vítima é suspeito de planejar e coordenar o crime. Já a amante do pastor teria executado o delito com a ajuda do genro dela, que desferiu os golpes de faca na vítima.

Além dos três suspeitos já presos, as investigações apontam que houve a participação de um adolescente, que fugiu para o Recife (PE) e ainda não foi localizado. A mulher e o genro foram presos na quinta-feira (22), no Recife, pela equipe da DENARC da Polícia Civil de Pernambuco. Já o marido da vítima foi localizado e preso em Itajaí.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *