Cepa indiana: município de Cascavel investiga caso de variante na cidade

Um homem de 38 anos, que veio do estado Maranhão, foi atendido em um hospital particular da cidade, após apresentar sintomas respiratórios. Ele foi atendido, orientado e liberado. Após coletar o exame, ele foi a casa de parentes na cidade de Jesuítas, para ficar em isolamento.

Ele se recuperou e viajou novamente ao Maranhão, onde mora e trabalha.

Segundo a Chefe Regional de Saúde de Cascavel, Lilimar Mori, o material coletado será encaminhado para a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), para que seja verificado se é um caso da nova cepa.

“ Como foi coletado, exatamente porque já havia um alerta. Todas as pessoas que vêm do Maranhão do estado, elas têm que passar por essa avaliação para verificar o tipo de vírus.”

O primeiro caso da cepa indiana no estado foi registrado na cidade de Apucarana. Uma mulher de 71 anos, com comorbidades, ficou internada com sintomas gripais e realizou os testes para verificação da cepa. O exame foi encaminhado para a Fiocruz, onde foi constatado que se tratava da cepa indiana.

O secretário de estado de Saúde, Beto Preto, informou que os casos confirmados na região de Apucarana no período em que a mulher foi diagnosticada com cepa, serão acompanhados.

“ A vigilância em Saúde do Estado e também do município, irão fazer todas as buscas, vamos fazer um olhar diferenciado a todas amostras que foram positivadas no período em Apucarana e encaminhar para a Fiocruz.”

secretário de estado de Saúde – Beto Preto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *