Pedestre morre atropelado embaixo de passarela perto da Ceasa uma semana antes de completar 40 anos.

Não existiam testemunhas no local e nem o veículo que causou o atropelamento

Um homem, identificado como Jeferson Siqueira de França, morreu atropelado em frente à Ceasa, na BR-116, na manhã desta sexta-feira (5), no bairro Tatuquara, em Curitiba. O rapaz perdeu a vida uma semana antes de comemorar o aniversário de 40 anos.

O acidente aconteceu embaixo da passarela de pedestres, na pista sentido Curitiba. De acordo com o policial rodoviário federal Rogério Cristiano, apesar de não existir testemunha e nem veículo no local, haviam marcas de rodado no corpo da vítima.

“Não tivemos testemunhas para nos afirmar, mas a indicação é que tenha sido um atropelamento muito grande”, afirmou à Banda B.

A colisão aconteceu por volta das 5h30 da manhã. Jeferson foi reconhecido por meio de documentos de identificação que ele carregava na carteira. Segundo a documentação, ele completaria 40 anos na próxima sexta-feira (12).

“Nós podemos presumir que ele estaria indo ou voltando do serviço, porque aqui tem a Ceasa na frente. Então, de repente, neste momento, ele estaria cruzando a rodovia e foi atropelado”, supôs o policial.

O policial Rogério Cristiano citou o perigo de atravessar a via fora da passarela de pedestres.

“A rodovia tem uma grade no canteiro central, que dificulta a passagem pela rodovia e não pela passarela. Infelizmente, se o rapaz tentou passar pela a rodovia sem usar a passarela, pagou infelizmente com a própria vida”, ressaltou.

O SIATE foi acionado para prestar atendimento à vítima, mas ela já estava morta em frente à Ceasa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.