Bombeiros denunciam que não podem mais encaminhar vítimas para o Hospital Municipal de Araucária

Bombeiros procuraram nossa equipe para denunciar que não podem mais levar mais vítimas para o Hospital Municipal de Araucária.

As informações dão conta que o contrato que havia foi encerrado e os socorristas não podem mais levar vítimas para receber atendimento emergencial.

Qualquer vítima que sofrer um acidente de trânsito, um trauma, ou qualquer outro tipo de ferimento emergencial não poderá mais dar entrada no hospital e sim deverá procurar hospitais de Curitiba.

Os bombeiros que nos procuraram relataram que isso causa um grande problema logístico, pois se eles atendem uma vítima e tem que encaminhá-la até Curitiba, o tempo de atendimento aumenta muito, deixando a cidade muitas vezes desguarnecida. Caso aconteça qualquer outra ocorrência, ambulâncias de Curitiba precisarão deslocar até Araucária para prestar atendimento.

O resultado final é um grande problema para todos, para o cidadão que precisa de atendimento urgente e que corre contra o tempo para viver. Muitas vezes os socorristas do Siate são até maltratados pois a pessoa que liga acha que eles estão demorando, mas muitas vezes as equipes tem que sair de Curitiba para atender vítimas em Araucária gerando um grande transtorno.

Os bombeiros relataram que sempre houve problemas com o hospital, porém agora a situação se tornou crítica.

Nós tentamos contato com o Hospital Municipal de Araucária e após algumas transferências de ramais ficamos sem respostas.

Por: 190